José Guilherme

Sobre o artista

José Guilherme Lima da Silva, nascido em Brasília, cidade Taguatinga, em 1978. Envolveu-se com a arte como autodidata. Fez vários cursos de aperfeiçoamento. Participou de exposições coletivas e outras individuais. Além como artista autodidata, abriu-lhe uma visão da arte e experiência que foi adquirindo desde criança com o desenho e depois como retratista realista e pintor de várias telas. Desenvolveu seu estilo a cada momento que foi criando sua rubrica dando a ele nuances de cores, com uma linguagem de estilo de cores e sombras, mexe com pintura realismo e hiperrealismo, e fortaleceu uma criatividade contemporânea, trabalha com técnica de pintura a óleo sobre tela, e sempre vai formando uma linguagem forte e de interpretação da vida como uma poesia impressa na tela.Ele faz da sua vida uma arte viva. Guilherme tem a tendência de aprender e recriar, de juntar formas e depois moldá-las de uma maneira que leva o observador a pensar, seja em um cubismo contemporâneo, em um impressionismo moderno, seja na sua própria forma de propor uma visão seja abstrata ou realista dentro de uma impressão do que vemos e não vemos, muitas vezes temos o belo na nossa frente mas não vemos, seja o cair de uma folha, seja as flores rosas, amarelas e brancas, seja na correria concretista dos carros e das pessoas, isso tudo é arte porque faz parte da sociedade que vivemos, e a arte conta a história dos tempos, e esse tempo o pintor sabe congelar e colocar na tela.
Guilherme não faz arte por arte, ele faz arte para que seja arte e quem observa tenha um conteúdo para pensar, essa forma de distribuir as cores para que todos busquem as luzes, as sombras, e mistérios que se fazem progredir a cada pincelada, como o sorriso irônico, ou um olhar para algum objeto, ou a formação de novos objetos refletidos em um espelho, isso tudo é a diversidade criativa de quem põe na tela parte de sua alma em criação contínua.

Comente sobre o artista